Quinta-feira, 10 de Abril de 2008
aplicações da domótica

 

A domótica utiliza vários elementos, que normalmente são independentes, de uma forma sistémica. Vai aliar as vantagens dos meios electrónicos aos informáticos, de forma a obter uma utilização e uma gestão integrada dos diversos equipamentos de uma casa.
A Domótica vem tornar a vida mais confortável, mais segura e até mais divertida! Vem permitir que as tarefas mais rotineiras e aborrecidas sejam executadas automaticamente. No manuseamento do sistema poderá fazê-lo de acordo com as suas próprias necessidades. Poderá optar por um manuseamento mais ou menos automático. O toque num botão é suficiente para executar simultaneamente todas as funções que necessita: o cenário de iluminação desejado é activado, os estores descem, e o sistema de aquecimento proporciona uma temperatura agradável, etc.
Enquanto que numa instalação eléctrica convencional tem que decidir antes da construção, exactamente como e por quem vão ser instalados os sistemas técnicos do edifício, no âmbito da gestão inteligente, todas as funções podem ser alteradas e ampliadas em qualquer altura, sem a habitual confusão e sem ter que passar cabos novos.

Para isto ser possível, todos os sistemas técnicos do edifício estão interligados através de uma linha de BUS comum. Esta linha é instalada paralelamente à linha de 230V, e é lá que vã ficar ligadas as cargas a controlar. Ficamos assim com a vantagem de dispositivos com diferentes funções poderem comunicar entre si e trocar informações. As funções podem ser atribuídas e modificadas via software no local o remotamente (tele-assistência) sem necessidade de abrir paredes ou passar novos cabos. O controlo remoto de casas de habitação deixa de ser uma utopia. A Domótica permite o acesso às funções vitais da casa, quer seja através de um comando remoto, da Internet ou do seu telemóvel.O facto de poder programar tarefas diárias (individuais ou em conjunto) de uma forma automática vai permitir reduzir o tempo gasto em rotinas.




Domótica

 

No passado dia 3 de Abril, presenciámos uma sessão de esclarecimento sobre domótica, apresentada pelo professor Eduardo Ribeiro, na Escola Básica e Secundária de Santa Cruz.

O principal aspecto focado nesta sessão foi a aplicação específica da domótica no dia-a-dia, isto é, desde o simples acto de acordar até se deitar.

A Domótica é uma tecnologia recente que permite a gestão de todos os recursos habitacionais. Esta tecnologia veio simplificar a vida, pois satisfaz as necessidades de comunicação, segurança e conforto de uma habitação. Desta forma permite o uso de dispositivos para automatizar as rotinas e tarefas de uma casa. Normalmente são feitos controlos de temperatura ambiente, iluminação e som, distinguindo-se dos controlos normais por ser comandada através de uma central.

Um dos exemplos práticos da domótica, demonstrado na sessão, é a simulação de movimento no interior da casa. Esta aplicação é útil durante a ausência dos habitantes da mesma porque, através desta simulação, irá parecer que a casa está habitada, diminuindo a possibilidade de assaltos.  

 



publicado por - às 11:14
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008
Calor humano sueco...


 

    Imagine uma estação de comboios de uma cidade relativamente grande. Um espaço fechado, por onde mais de 250 mil pessoas passam diariamente. Cada uma dessas pessoas anda dentro da estação, gastando calorias, que são, basicamente, energia em forma de calor.

    Essa energia geralmente dissipa-se no ar... Mas um prédio localizado na cidade de Estocolmo, na Suécia, decidiu que era hora de utilizar toda essa energia de forma útil – neste caso, para aquecer esse novo edifício.
 

    Para isso serão necessários tubos, água e bombas, nada muito tecnológico ou high-tech. A ideia é usar um sistema que processe o calor da estação para aquecer a água utilizada no prédio. O calor também aquecerá parte do prédio, que terá um pequeno hotel e algumas lojas, e deve ficar pronto no começo de 2010.

    Para um edifício que deve custar alguns milhões de dólares para ficar pronto, esse sistema de aquecimento humano é bem baratinho, deve custar algo em torno dos 30 mil dólares.

    Agora, se uma estação central da Suécia consegue reduzir os custos no aquecimento de um grande edifício em até 20%, imagine só o que um sistema como esse, montado nas grandes estações de comboio/metro do nosso país podiam ajudar na contenção de despesas. Ah... E o ambiente também iria agradecer!

 


publicado por - às 17:06
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sobre que é este blog, exactamente?

Este blog é um diário das actividades de dinamização da cidade do futuro, como parte do concurso Cidades Criativas, promovido pela Universidade de Aveiro.

Receba notícias nossas por RSS

Afinal o que é o RSS?

posts recentes

aplicações da domótica

Domótica

Calor humano sueco...

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
tags

todas as tags

pesquisar neste blog
 
links
Contactos
Tiago Teixeira
João Alves
Jairo Martins
Bruno Santos