Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007
Património arquitectónico de Santa Cruz

Aeroporto Internacional da Madeira

    Durante muitos anos, o mar representou o único meio pelo qual era possível chegar às ilhas. A Madeira não era excepção e chegar aqui era, sobretudo, um privilégio. Daqui ou se emigrava ou se embarcava num cruzeiro turístico, até porque, para muitas companhias de navegação, era e é ponto obrigatório de passagem pela beleza e exotismo do arquipélago.

    Mas atendendo à evolução dos meios tecnológicos, nunca deixando de considerar as limitações naturais dessa época, passou-se mais tarde, para uma nova era que veio revolucionar por completo o intercâmbio entre a ilha e o meio exterior.

    Assim, a história da aviação no arquipélago da Madeira remonta ao período que se seguiu à II Grande Guerra.




    Esta estrutura tem sido modernizada nos últimos anos, principalmente com a ampliação da pista através da construção de um viaduto gigantesco sobre o mar. Hoje em dia, este encontra-se qualificado para receber aviões Boeing 747 assim como quase qualquer tipo de aviação cívil, sendo a principal porta de entrada de turistas na região. Executa serviços de correio postal e encomendas urgentes, assim como alguns serviços essenciais. É um aeroporto internacional que também serve voos domésticos.


   

    As suas pistas 5 e 23 são consideradas umas das mais díficeis e perigosas aproximações e aterragens do mundo, devido à alta turbulência sentida quando o vento é superior a 15 nós. Na aproximação à pista, ventos descendentes e ascendentes (quando muito próximo da pista) e durante a aterragem é sempre esperada, por protocolo, grande turbulência, assim com rajadas de vento laterais. Outra dificultade sentida pelos pilotos, é o uplift (força ascendente) quando a aeronave sobrevoa a pista, dando uma sensação que o avião "não quer" aterrar. Devido às dificuldades técnicas apresentadas aos pilotos, é necessário uma licença especial para operações neste aeroporto e apenas pilotos com experiência em operações diurnas poderão realizar operações nocturnas.

   No entanto, esta obra de engenharia civil já arrecadou vários prémios da especialidade, entre eles, o Outstanding Structure Award que só é atribuído a grandes obras de engenharia reconhecidas mundialmente.


    Após alguma pesquisa, encontrámos um vídeo que permite obter, quase na primeira pessoa, a sensação de aterrar no referido aeroporto. Tem-se, igualmente, uma vista maravilhosa da cidade de Santa Cruz. Aqui fica:



publicado por - às 11:10
link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Sobre que é este blog, exactamente?

Este blog é um diário das actividades de dinamização da cidade do futuro, como parte do concurso Cidades Criativas, promovido pela Universidade de Aveiro.

Receba notícias nossas por RSS

Afinal o que é o RSS?

posts recentes

|Comprar e vender no eBay...

Prémios Tecnológicos

Árvores fotovoltaicas

Apresentação do projecto

10 dicas verdes para o tr...

TRIAC EV - o carro eléctr...

Saúde

A Apresentação do nosso p...

Syttende mai

Só 1% dos alunos portugue...

Para se ser ministro devi...

A Suécia é o país que mai...

Questões para Elvira Uyar...

Música da Semana

Citação da Semana

10 de Maio - Dia Mundial ...

9 de Maio - Dia da Europa

Energias renováveis: Um p...

Visita de Estado dos Reis...

Preço dos combustíveis

Imagem da Semana

Ericeira multada pelo Est...

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
tags

todas as tags

pesquisar neste blog
 
links
Contactos
Tiago Teixeira
João Alves
Jairo Martins
Bruno Santos